sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Camilo é empossado governador do Amapá



Camilo Capiberibe é o novo governador do Amapá. Ele tomou posse na madrugada deste sábado na Assembléia Legislativa e depois no Palacio do Setentrião. Ao som da música "Eu Tõ em Macapá", de composição amapaense.
Camilo entrou no Palácio do Setentrião acompanhado da esposa Claudia e dos pais João e Janete Capiberibe.
Recebeu do pai a faixa de governador e cumprimentou os presentes. Falou sobre seu trabalho e empossou os novos secretários que a partir do dia 3 já estarão desenvolvendo atividades em suas pastas.
Viajou nesta madrugada para Brasilia, onde acompanha nesta tarde a posse da presidente eleita, Dilma Russef (PT).

Novos secretários de Camilo são anunciados neste dia 31

Prof doutora Lúcia Borges da UNIFAP será a nova reitora da UEAP c/ a tarefa de realizar concurso público e regularizar cursos junto a equipe de trabalho do Governo do Estado.

Jacinta Carvalho, jornalista e professora de comunicação da faculdade SEAMA, será a nova Secretária de Comunicação do GEA.

Jovem advogado Márcio Figueira será nosso Procurador Geral do Estado. Na Corregedoria assumirá a advogada Sandra Oliveira, que já trabalhou na Câmara de Vereadores na gestão de Leury Farias.

Sávio Pérez que já dirigiu a AFAP, o Banco do Povo, vai voltar a dirigir.

Dário Nascimento irmão da vice-governadora Dora, administrador vai assumir a gestão do SIAC/ Super Fácil.

Antônio Cláudio de Almeida Carvalho, pesquisador da Embrapa, doutor e ex-secretário de Meio Ambiente do Estado foi convidado por mim e vai dirigir a SETEC.
Recentemente defendeu doutorado na pesquisa do Açai.

Secretária do Turismo será Helena Colares que dirige atualmente a secretaria de ação social de Santana. Ela é do PT.

Engenheiro sérgio Roberto de La Rocque será o novo secretário de Transportes. onder

Fornecedores são pagos de última hora

Um ano novo sem muitas alegrias para secretários do Governo do Estado. A informação que nos chega é de que mesmo com superavit de R$ 11 mi neste mês foi decidido de que fornecedores seriam pagos, contratos administrativos e secretários ficariam fora de folha. Teve gente revoltada com o fato. O valor do pagamento para esses fornecedores foi na ordem de R$ 16 mi.

Camilo reuncia e Baileiro vai assumir


Camilo Capiberibe entregu na manha de hoje a sua renúncia como deputado estadual eleito pelo PSB. Em companhia de assessores protocolou o documento na Assembléia Legislativa. Às 22 horas retorna para ser empossado como governador do Estado.
Agnaldo Balieiro assume em seu lugar e fica na cadeira porque foi eleito para mais quatro anos de mandato pelo PSB.
A foto é do Alipio Junior

Valeu Pina

Recebi ligação de Luiz Paulo Pina, pense num diretor articulado. O cara deveria continuar no Cristal. Faz bem e gosta de futebol. Feliz 2011 Pina !!!1 eheheheh

OS VENTOS DA HISTÓRIA

Por Delúbio Soares (*)

“O destino humano é uma tremenda ironia”
Luis Buñuel
Quis o destino que a história do Brasil, tão cheia de caprichos quanto generosa, nos reservasse para a virada de 2010, um de seus capítulos mais belos. Importa pouco ou nada importa se muitos ficaram pelos caminhos da luta para que pudéssemos vivê-lo. Pelo Brasil e por seu povo, todo e qualquer sacrifício compensa e, por mais dura que seja sua provação, será pouco diante da grandeza de nossa gente e de seu merecimento.
Impossível não se emocionar com a beleza desse instante da vida nacional. Depois de seguidas derrotas e de tanto esforço, o operário metalúrgico, o migrante nordestino, o menino pobre e ex-engraxate, o filho carinhoso de Dona Lindú, o que foi atacado impiedosamente por não ter diploma e por seus tropeços gramaticais, realizou um governo que está no coração do povo, registrado em página memorável de nossa história, elogiado pelo mundo e quebrando paradigmas e recordes. Passará a faixa presidencial para uma mulher, nossa primeira presidenta.
Com o jeito dos mineiros e o ímpeto dos gaúchos, exigente e incansável, executiva competente e visionária, Dilma Rousseff chega à presidência da República sem medo e sem ódio. Ela não tem tempo de olhar para trás. Os que torturaram o corpo da jovem idealista não atingiram o espírito da mulher guerreira e determinada. Mãe e avó, Dilma chega ao Planalto com o compromisso histórico de continuar o mais bem-sucedido dos governos que o Brasil já conheceu e de mostrar ao mundo o talento e a garra da mulher brasileira.
O filho da mulher humilde e lutadora, que fugiu da seca e da fome do sertão nordestino em busca de uma vida melhor para uma penca de filhos, passa o comando de nosso país à filha do homem que deixou a fria Bulgária para encontrar no Brasil a oportunidade de trabalhar, tornar-se empresário de sucesso e constituir família. Dois destinos tão diferentes e tão iguais, que se encontram num momento maior da história de nosso país! Duas histórias tão diversas e tão coincidentes que se entrelaçam por conta da ironia do destino, dos desígnios insondáveis do universo e da vontade inapelável do povo! São os ventos da história, os que afastam do caminho dos povos o que não lhes é necessário e aproxima pedras e sonhos na construção do amanhã.
Teria pensado em ser presidente do Brasil o menino retirante, recém chegado da então paupérrima Garanhuns à fervilhante São Paulo, no instante mágico e dramático em que sua adorada mãe recusou-se a entregá-lo em adoção por caridosa senhora de classe média, visivelmente incomodada com a pobreza daquela família sem pai? O menino pobre tornou-se presidente da República e não são poucos o que o acham o maior de todos os que tiveram a oportunidade de governar o Brasil.
Por 28 dias torturada barbaramente, tendo seu corpo violado por chutes, pancadas e choques elétricos, a jovem mineira de família abastada e que se entregara à luta contra a mais cruel e brutal de todas as ditaduras que seu país conheceu, teria vislumbrado o momento em que, por decisão de 55 milhões de compatriotas seus, anos depois, não teria seu corpo coberto por feridas, mas pela faixa presidencial? Que os soldados de seu país não a teriam por prisioneira torturada, mas por comandante suprema das Forças Armadas? Que os que se oporiam a ela, na mais sórdida campanha eleitoral já assistida pelos brasileiros, seriam derrotados de forma eloqüente? A jovem idealista e sofrida chegou à presidência de seu país e seu povo lhe deposita imensa esperança e lhe destina confiança imensa na capacidade de trabalho e sabida competência.
Que grande dia esse, em que na virada de um ano para outro, com o mapa social, político, econômico e humano do país absolutamente mudado para melhor, o filho do pobre e a filha do rico, o operário e a doutora, Lula e Dilma, por obra dos ventos da história e da grandeza de nosso povo, protagonizam um dos momentos mais belos de nossa história!
Que imenso orgulho de meu país, de meu povo e da história que, juntos, estamos escrevendo.

(*) Delúbio Soares é professor
www.delubio.com.br
companheirodelubio@gmail.com

OS VENTOS DA HISTÓRIA

Por Delúbio Soares (*)

“O destino humano é uma tremenda ironia”
Luis Buñuel
Quis o destino que a história do Brasil, tão cheia de caprichos quanto generosa, nos reservasse para a virada de 2010, um de seus capítulos mais belos. Importa pouco ou nada importa se muitos ficaram pelos caminhos da luta para que pudéssemos vivê-lo. Pelo Brasil e por seu povo, todo e qualquer sacrifício compensa e, por mais dura que seja sua provação, será pouco diante da grandeza de nossa gente e de seu merecimento.
Impossível não se emocionar com a beleza desse instante da vida nacional. Depois de seguidas derrotas e de tanto esforço, o operário metalúrgico, o migrante nordestino, o menino pobre e ex-engraxate, o filho carinhoso de Dona Lindú, o que foi atacado impiedosamente por não ter diploma e por seus tropeços gramaticais, realizou um governo que está no coração do povo, registrado em página memorável de nossa história, elogiado pelo mundo e quebrando paradigmas e recordes. Passará a faixa presidencial para uma mulher, nossa primeira presidenta.
Com o jeito dos mineiros e o ímpeto dos gaúchos, exigente e incansável, executiva competente e visionária, Dilma Rousseff chega à presidência da República sem medo e sem ódio. Ela não tem tempo de olhar para trás. Os que torturaram o corpo da jovem idealista não atingiram o espírito da mulher guerreira e determinada. Mãe e avó, Dilma chega ao Planalto com o compromisso histórico de continuar o mais bem-sucedido dos governos que o Brasil já conheceu e de mostrar ao mundo o talento e a garra da mulher brasileira.
O filho da mulher humilde e lutadora, que fugiu da seca e da fome do sertão nordestino em busca de uma vida melhor para uma penca de filhos, passa o comando de nosso país à filha do homem que deixou a fria Bulgária para encontrar no Brasil a oportunidade de trabalhar, tornar-se empresário de sucesso e constituir família. Dois destinos tão diferentes e tão iguais, que se encontram num momento maior da história de nosso país! Duas histórias tão diversas e tão coincidentes que se entrelaçam por conta da ironia do destino, dos desígnios insondáveis do universo e da vontade inapelável do povo! São os ventos da história, os que afastam do caminho dos povos o que não lhes é necessário e aproxima pedras e sonhos na construção do amanhã.
Teria pensado em ser presidente do Brasil o menino retirante, recém chegado da então paupérrima Garanhuns à fervilhante São Paulo, no instante mágico e dramático em que sua adorada mãe recusou-se a entregá-lo em adoção por caridosa senhora de classe média, visivelmente incomodada com a pobreza daquela família sem pai? O menino pobre tornou-se presidente da República e não são poucos o que o acham o maior de todos os que tiveram a oportunidade de governar o Brasil.
Por 28 dias torturada barbaramente, tendo seu corpo violado por chutes, pancadas e choques elétricos, a jovem mineira de família abastada e que se entregara à luta contra a mais cruel e brutal de todas as ditaduras que seu país conheceu, teria vislumbrado o momento em que, por decisão de 55 milhões de compatriotas seus, anos depois, não teria seu corpo coberto por feridas, mas pela faixa presidencial? Que os soldados de seu país não a teriam por prisioneira torturada, mas por comandante suprema das Forças Armadas? Que os que se oporiam a ela, na mais sórdida campanha eleitoral já assistida pelos brasileiros, seriam derrotados de forma eloqüente? A jovem idealista e sofrida chegou à presidência de seu país e seu povo lhe deposita imensa esperança e lhe destina confiança imensa na capacidade de trabalho e sabida competência.
Que grande dia esse, em que na virada de um ano para outro, com o mapa social, político, econômico e humano do país absolutamente mudado para melhor, o filho do pobre e a filha do rico, o operário e a doutora, Lula e Dilma, por obra dos ventos da história e da grandeza de nosso povo, protagonizam um dos momentos mais belos de nossa história!
Que imenso orgulho de meu país, de meu povo e da história que, juntos, estamos escrevendo.

(*) Delúbio Soares é professor
www.delubio.com.br
companheirodelubio@gmail.com

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Marcos e Papaléo agora serão secretários

Secretaria de Administração - Papaléo Paes, Sebastião assume interinamente
Secretaria de Cultura – Zé Miguel
Secretaria de Planejamento – Juliano Del Castilo
Secretaria de Inclusão e Mobilização Social – Ely Almeida
Secretaria da Fazenda – Cláudio Pinho
Secretaria da Indústria e Comércio – José Reinaldo Picanço
CEA – José Ramalho
IEPA – Augusto Oliveira
Defensoria do Estado – Ivanci Magno
Secretaria de Desenvolvimento Rural – vereador Zé Roberto
Secretaria de Infra-Estrutura: Joel Banha
Secretaria de Meio Ambiente: Paulo Figueira
Secretaria de Saúde: Evandro Gama
Secretaria de Educação: Miriam Corrêa
Comando da Polícia Militar: Coronel Rezende
Comando do Corpo de Bombeiros: Coronel Miranda
Chefe da Casa Militar: Coronel Corrêa
Caesa: Ruy Smith
IMAP: Maurício Oliveira de Souza
Secretaria de Segurança Pública - Professor Marcos, do PT.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Camilo divulga mais oito secretários de Governo

José Reinaldo Picanço, licenciado em ciências agrícolas pela UFRRJ, Mestre em Geografia e Doutor em Ciências Sociais vai comandar a SEICOM.

Augusto Oliveira do PSOL, doutor em desenvolvimento socioambiental, comandará o IEPA, Inst. de Pesquisas científicas e tecnológicas do AP

Juliano Del Castilo Silva, advogado e membro da executiva estadual do PSB vai dirigir a SEPLAM.

Eli Almeida, ex- secretária da SETRACI e ex-diretora da AGEMP, é da Executiva Estadual do PSB e vai comandar a SIMS.

Vereador Zé Roberto do PT de Santana vai dirigir a SDR, Secretaria de Desenvolvimento Rural.

Professor, advogado, petista e procurador da Sanprev, Ivanci Magno é primeiro suplente do senador Capi e vai assumir a direção da Defenap.

Zé Miguel, cantor da terra, secretario de cultura do PSB-AP vai assumir a SECULT.

José Ramalho, economista, vai assumir a CEA, Companhia de Energia do Amapá, com a árdua missão de equacionar o gargalo energético do Amapá.

Apenados recebem cartão de mensagem do Presidente do TJAP

No intuito de fortalecer o espírito natalino, o Presidente do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), Desembargador Dôglas Evangelista Ramos, enviou aos apenados do Instituto e Administração Penitenciária do Amapá (IAPEN) uma mensagem de otimismo através de um cartão especial de final de ano. Os cartões foram entregues na semana passada por ocasião da festividade natalina por meio da chefe de Gabinete da Presidência, Marli de Fátima Andrade, que representou o presidente do TJAP.

Esclarecimento da Sesa sobre tres crianças que morreram na Maternidade de Macapá

NOTA À IMPRENSA

Em virtude da matéria publicada nos meios de comunicação do Estado sobre a morte de três bebês no Hospital Maternidade Mãe Luzia (HMML), a Secretaria de Estado da Saúde (SESA) vem esclarecer os seguintes fatos:

1 – A SESA esclarece que o motivo dos óbitos dos bebês no Hospital Maternidade Mãe Luzia não está relacionado às quedas de energia na referida unidade de saúde, pois a mesma possui gerador de energia para solucionar casos de pane elétrica. O gerador é acionado automaticamente, alimentando as alas de emergência (centro cirúrgico e UTI neonatal) dentro do hospital;

2 – Na madrugada da segunda-feira (27/12), o HMML registrou três óbitos. Isso ocorreu não por falha no atendimento, mas sim por complicações de saúde apresentadas pelos pacientes. Um dos casos ocorrido refere-se a um bebê nascido no município de Serra do Navio que ao dar entrada no HMML apresentava quadro de prematuridade extrema e pesando cerca de 1,400 kg, situação considerada de alto risco. O segundo caso refere-se a um bebê que se encontrava internado na Maternidade há mais de 30 dias com um elevado grau de infecção e com baixo peso. Todos os esforços foram feitos para salvar a vida do bebê, mas infelizmente a infecção se generalizou, levando o paciente a óbito. Sobre o terceiro bebê, a direção da Maternidade informa ter sido um paciente natimorto, ou seja, a mãe deu a luz uma criança já morta.

3 – Sobre os transtornos ocasionados pela reforma da Maternidade Mãe Luzia aos pacientes, a Direção do Hospital pede desculpas, mas, a obra é de extrema necessidade, pois, após sua conclusão, a maternidade ganhará mais UTIs neonatais, além de enfermarias que irão hospedar com mais conforto os pacientes. Além disso, a Secretaria de Estado da Saúde tomou todos os cuidados para que as obras não causem nenhum mal a saúde dos pacientes e já adquiriu novos equipamentos que serão usados nas Unidades de Terapias Intensivas.

4 – Por fim, a Direção do Hospital Maternidade Mãe Luzia lamenta a morte dos bebês e diz que foi uma coincidência dois dos bebês terem falecido no mesmo dia e que a maternidade vem investindo na melhoria do atendimento às mães do Estado do Amapá.

Diretoria do Hospital Maternidade Mãe Luzia

Shopping MT - Blazer de Rally a venda




Vende-se uma blazer DLx 4x4 a Diesel
Com ar condicionado, direção, vidro eletrico entre outros
Valor R$ 28 mil - Tratar com Cleber Barbosa 77724544 ou Angelo Pires 91171162 no Jornal dos Municipios

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Parabens Rubem Natal



Quem trocou de idade foi Rubem Natal Coelho Pinto, ex-diretor do Amapá Clube.
Comemorou com os filhos e com amigos em sua residência.
Aproveita o final de ano para comemorar com a comunidade do Caldeirão em um grande reveillon marcado para a noite de 31 e o dia 1 de janeiro.

Os seguranças da Alcinea Cavalcanti


Para os que não gostam da Alcinea Cavalcanti muito cuidado. O grupo de seguranças dela é reforçado, o mais forte se chama General e não tem cara de bonzinho não.....

Conheça os 11 confirmados do Governo Camilo

Os 11 já anunciados oficialmente são:
Secretaria de Infra-Estrutura: Joel Banha
Secretaria de Meio Ambiente: Paulo Figueira
Secretaria de Saúde: Evandro Gama
Secretaria de Educação: Miriam Corrêa
Comando da Polícia Militar: Coronel Rezende
Comando do Corpo de Bombeiros: Coronel Miranda
Chefe da Casa Militar: Coronel Corrêa
Caesa: Ruy Smith
IMAP: Maurício Oliveira de Souza
Agricultura: Pedro Mauro Seabra
CEA: José Adeilton

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

CBF divulga tabela da Copa do Brasil 2011

A Diretoria de Competições da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) publicou nesta quarta-feira (15) a tabela da Copa do Brasil 2011. A competição nacional contará com oito clubes da região norte, sendo eles: Águia-PA, Baré-RR, Fast/Ulbra-AM, Gurupi-TO, Paysandu-PA, Rio Branco-AC, Trem-AP e VEC-RO.
A Copa do Brasil será disputada por 64 clubes, sendo 54 equipes através dos campeonatos estaduais ou torneios seletivos e 10 oriundos do ranking da CBF, tendo representantes dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal.
A primeira rodada da Copa do Brasil ocorrerá no dia 23 de fevereiro. O destaque na primeira rodada da competição será o duelo entre amazonenses e paraenses. O Penarol, debutante, encara o tradicional Paysandu.
Neste ano, a Copa do Brasil foi vencida pelo Santos-SP que bateu, na decisão, o Vitória-BA, conquistando, assim, seu primeiro título na competição.


Confira os confrontos da Copa do Brasil:

Bangu-RJ x Portuguesa-SP
Fast/Ulbra-AM x Fortaleza-CE
União de Rondonópolis-MT x Guarani-SP
Horizonte-CE x ASA-AL
Itary-PR x Grêmio Prudente-SP
Botafogo-PB x Vitória-BA
Ceilândia-DF x Caxias-RS
Santa Helena-GO x Uberaba-MG
Naviraiense-MS x Santo André-SP
Gurupi-TO x Paraná-PR
Virtória-ES x Goiás-GO
São Domingues-SE x Bahia-BA
Murici-AL x Flamengo-RJ
Treze-PB x São Paulo-SP
Ypiranga-RS x Coritiba-PR
River Plate-SE x Botafogo-RJ
Cuiabá-MT x Ceará-CE
Águia-PA x Brasiliense-DF
Brusque-SC x Atlético-GO
Rio Branco-AC x Atlético-PR
Barras-PE x ABC-RN
Trem-AP x Náutico-PE
São José-RS x Paulista-SP
Penarol-AM x Paysandu-PA
VEC-RO x Avaí-SC
Rio Branco-ES x Ipatinga-MG
Baré-RR x Ponte Preta-SP
Confiança-RN x Santa Cruz-PE
Comercial-PI x Palmeiras-SP
Comercial-MS x Vasco da Gama-RJ

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Transiçaõ na Secretaria de Desporto e Lazer do Estado

A transição dos governos Pedro Paulo e Camilo Capiberibe já começou. Na manhã desta sexta-feira, Merian Flexa - da equipe de transição do governo Camilo esteve na Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel). Ela foi recebida pelo secretário Diego Duarte e pelos seus diretores. Na oportunidade foi feito a apresentação de como funciona a secretaria e do que se tem feito para reorganizar o setor esportivo do Amapá.
Após conversa com o secretário, Merian esteve com a diretora administrativa, Synthia Lamarão e com o técnico Emivaldo Branco para esclarecer sobre a organização dos setores e quantos profissionais estão atuando na secretaria até o momento.
Para Diego Duarte, este é um momento de não esconder nada do que se encontrou na secretaria desde seu início "Infelizmente fomos impedidos de realizar um grande trabalho e ajudar todas as entidades porque uma série de coisas aconteceram. Por isso não vamos esconder nada, mostraremos tudo, assim como já fizemos na Policia Federal para que a professora Merian não deixa dúvidas de como estamos trabalhando na Sedel", ressaltou o secretário.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Conselheiros querem anular eleição no Amapá

Cerca de 30 candidatos a conselheiro tutelar de Macapá estiveram no Ministério Público Federal na manhã desta terça-feira. Eles pediram com que houvesse ação da justiça para impedir a confirmação da eleição para conselheiro, realizado no domingo. Segundo eles, um resultado foi dado até às 18 horas de domingo e na segunda já havia mudado.

Tenente da PM se apresenta após matar corintiano

O tenente Reinildo, o Rafa, que matou um torcedor corinthiano na orla do Santa Inês se entregou na tarde desta terça-feira no quartel da Policia Militar do Estado.
Rafa pagará pelo ato a policia militar, mas prisão só será executada se houver pedido da Policia Civil.
Rafa e o funcionário da Caesa discutiram depois do jogo entre Fluminense x Guarany, domingo, que garantiu o título ao pó-de-arroz.

CONSELHO TUTELAR

O Conselho Tutelar é um órgão encarregado de zelar pelos direitos da
criança e do adolescente trabalhando com esses menores em situação de
risco, abuso sexual, espancamento, agressão física e psicológica,
abandono, conflitos na escola, desvio de conduta e outros. A
instituição ainda atua na prevenção, conscientização da população e
orientação tanto com as crianças quanto com seus familiares.
Parcerias
De acordo com a Conselheira Tutelar da Zona Sul Cassandra Barbosa
Guerra, mais conhecida como Kika Guerra, que obteve 3.157 votos sendo
a mais votada nas eleições deste ano, a entidade tem seus trabalhos
regidos pelo Estatuto da Criança e Adolescente e é através do ECA que
os conselheiros são respaldados para realizar acompanhamentos dos
casos, produção de relatórios e outros serviços.
Ela ainda menciona que vários são os parceiros que dão suporte,
principalmente no resgate de crianças e adolescentes em áreas de
risco, aos trabalhos desenvolvidos pelo Conselho Tutelar. “Trabalhamos
diretamente com a Promotoria da Infância e Juventude, Vara da Infância
e Juventude, promotores, juízes, delegacias entre elas a DERCA e
DEIAI. Quando fazemos o resgate de uma criança temos o apoio da
Polícia Militar e também dos guardas municipais através do Grupo
Tático Operacional”, conta Kika Guerra.
Para ela, que é Assistente Social e está há três anos no Conselho
Tutelar da Zona Sul sendo por três vezes Presidente do Conselho, a
meta para esta gestão é trabalhar ainda mais em prol da criança e do
adolescente energizando as ações. “Vamos intensificar nosso trabalho
no âmbito escolar, continuando com as participações nas ações,
reuniões de pais e mestres e evasão escolar. Temos ainda as blitz na
cidade que continuarão, porque recebemos inúmeras denúncias como
trabalho infantil e infrações cometidas por esses menores”.
População mais consciente
Com 3.157 votos, Kika Guerra enfatiza que este número é a resposta da
população pelos trabalhos desenvolvidos ao longo desses três anos de
atuação. “Conselho Tutelar é dedicação, coragem, luta pela defesa da
criança e do adolescente. Fico agradecida e continuarei fazendo jus a
cada voto que mereci. A população está mais consciente da importância
das eleições para o Conselho Tutelar, prova disso foi a votação deste
ano que obteve grande proporção: a população realmente foi as urnas
para votar e colocar pessoas dedicadas e capacitadas no Conselho
Tutelar”, finaliza.
Lista de conselheiros eleitos em 2010
Zona Sul
1º lugar: Kika Guerra (3157 votos – reeleita),
2º lugar: Risa Souza (1919 votos),
3º lugar: Luci (1625 votos),
4º lugar: Diogo Senior (1325 votos),
5º lugar: Caetano Bentes (1119 votos).

Zona Norte
1º lugar: Leca (1266 votos),
2º lugar: Iran Costa (907 votos – reeleito),
3º lugar: ILan Rosa (856 votos),
4º lugar: Otávio Vieira (729 votos – reeleito),
5º lugar: Marlete (668 votos)

Vereador Clécio Luis(Psol) garante Acessibilidade aos Deficientes

Nesta quinta-feira (09), o Vereador Clécio Luis (PSOL) coloca em votação na Câmara Municipal de Macapá, quatro projetos de grande relevância para o Município, que beneficia diretamente os portadores de deficiência visual.
O Projeto de Lei nº 032/2010- CMM, estabelece o percentual mínimo de 5% (cinco por cento) das vagas dos contratos administrativos, para as pessoas com deficiência em Macapá. Será votado também, a proposta de Emenda à Lei Orgânica nº004/2009- CMM, que dispõe sobre a gratuidade do transporte coletivo para os acompanhantes das pessoas deficientes. Ainda direcionado a população que possui deficiência, será apresentado o Projeto de Lei nº 025/2010- CMM, garantindo a obrigatoriedade das empresas de ônibus que operam nos sistema de transporte coletivo, a instalarem em sua frota painéis de orientação contendo os números das linhas de ônibus, assim como os itinerários dos mesmos. Essa medida vai possibilitar a plena acessibilidade das pessoas acometidas por deficiência visual. Através do Projeto de Lei nº026/2010 – CMM, o Vereador Clécio Luis, irá garantir que o Poder Executivo Municipal, afixará painel de orientação contendo as linhas de ônibus, em pelo menos 50% dos abrigos de transporte coletivo.
Segundo o Vereador Clécio, é necessário uma preocupação progressiva com a acessibilidade, essas medidas são essenciais para a inclusão social das pessoas com deficiência, mobilidade reduzida, idosos e a população em geral. Os espaços do Município, principalmente as vias públicas precisam ser planejadas com responsabilidade social, garantindo que a população seja atendida dignamente, afirmou o Vereador.

“Supersecretarias” serão extintas, diz Camilo

Por Eduardo Neves

O governador eleito Camilo Capiberibe (PSB) anunciou na manhã desta segunda-feira, 06, na Assembleia Legislativa do Amapá, que uma das medidas para cortar gastos no Governo do Estado no ano que vem, será a extinção das chamadas “Supersecretarias”.
O anúncio foi feito durante audiência pública realizada pelo Ministério Público Estadual (MPE) que discutiu a real necessidade de cada Poder e Órgão na participação do Orçamento Público do Estado do Amapá, e que contou com a presença do governador eleito Camilo Capiberibe, do Procurador Geral de Justiça, Iaci Pelaes, do presidente da Assembleia Legislativa do Amapá, deputado Jorge Amanajás (PSDB), do Juiz Constantino Braúna, representando o Tribunal de Justiça, do conselheiro Ricardo Soares, representando o Tribunal de Contas do Estado (TCE), além de representantes de movimentos sociais e da sociedade civil organizada. O governador do Estado Pedro Paulo Dias de Carvalho (PP/AP) não mandou representante.
Ao usar a palavra o governador eleito Camilo Capiberibe, tornou público o relatório confidencial do governador, assinado pelo secretário de planejamento Sebastião Máximo, datado do dia 30 de abril de 2010, onde informa que logo após a saída do ex-governador Waldez Góes (PDT) do Palácio do Setentrião, o atual governador Pedro Paulo Dias de Carvalho (PP) herdou uma dívida na ordem de R$ 1 bilhão de reais.
O governador eleito ainda falou do relatório preliminar da Secretaria de Educação (SEED), exercício 2010, feito pela sua equipe de transição de governo, onde aponta que o orçamento deste ano da SEED previa um gasto de R$ 590.047.804,00 milhões, no entanto, as despesas chegam a um valor de R$ 692.181.599,94 milhões, ficando uma dívida para o próximo governo no valor de R$ 102.133.795,94 milhões. “Sem contar com restos a pagar de 2009, que somam R$ 87.029.663,38 milhões. Além, dos contratos de gavetas de 2010 não processados no sistema”, informou.

Medidas - Diante do quadro caótico, o governador eleito fez um apelo aos representantes dos poderes ao dizer que todos tem responsabilidade para reconstruir o Amapá. “É um desafio de todos, garantir merenda nas escolas, remédios nos hospitais, pagamento dos trabalhadores do caixa escolar e dos beneficiários do programa Renda Para Viver Melhor, que estão com os pagamentos atrasados”, disse.
A sessão foi marcada por forte pressão popular com pedidos para que os poderes revejam o repasse do duodécimo. Por parte do governador eleito Camilo Capiberibe, uma das medidas para cortar gastos será acabar com a Secretaria Especial de Governadoria, Secretaria Especial de Infra-estrutura, Secretaria Especial de Desenvolvimento Econômico, Secretaria Especial de Desenvolvimento Social, Secretaria Especial de Desenvolvimento Social, Secretaria Especial de Desenvolvimento de Gestão e o Centro de Apoio a Coordenação Setorial, que são as chamadas “Supersecretarias”.
Só com essa medida, de acordo com levantamento feito pela equipe de transição do governador eleito junto ao setor de folha de pagamento da Secretaria de Estado da Administração (SEAD), o governo do Estado terá para o ano que vem uma economia de R$ 6.540.568,00 milhões de reais. Esse montante é destinado para o pagamento de 110 cargos comissionados e 51 contratos administrativos, sem contar com as demais despesas de consumo que não estão incluídos. Esse valor gasto na manutenção da folha de pagamento das chamadas “Supersecretarias” é o mesmo orçamento da Polícia Militar (PM) para o ano que vem.

Transparência - O governador eleito anunciou ainda que vai reativar a partir do dia 01 de janeiro de 2011, o Portal da Transparência, que expõe todas as despesas do governo do Estado em tempo real na internet. “Vamos ampliar a Transparência, colocando a receita do Estado através dos extratos bancários do governo disponível na internet para acesso de qualquer cidadão”, finalizou.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Equipe de Transição já está na Sedel


A transição dos governos Pedro Paulo e Camilo Capiberibe já começou. Na manhã desta sexta-feira, Merian Flexa - da equipe de transição do governo Camilo esteve na Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel). Ela foi recebida pelo secretário Diego Duarte e pelos seus diretores. Na oportunidade foi feito a apresentação de como funciona a secretaria e do que se tem feito para reorganizar o setor esportivo do Amapá.
Após conversa com o secretário, Merian esteve com a diretora administrativa, Synthia Lamarão e com o técnico Emivaldo Branco para esclarecer sobre a organização dos setores e quantos profissionais estão atuando na secretaria até o momento.
Para Diego Duarte, este é um momento de não esconder nada do que se encontrou na secretaria desde seu início "Infelizmente fomos impedidos de realizar um grande trabalho e ajudar todas as entidades porque uma série de coisas aconteceram. Por isso não vamos esconder nada, mostraremos tudo, assim como já fizemos na Policia Federal para que a professora Merian não deixa dúvidas de como estamos trabalhando na Sedel", ressaltou o secretário.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Governador eleito quer recursos federais para desenvolver o turismo no Amapá


Brasília, 25/11/2010 – O governador eleito Camilo Capiberibe reuniu-se na quarta, 24, com o ministro Luiz Barreto para estreitar relações políticas e credenciar o estado do Amapá para investimentos do Ministério do Turismo. O Governo do Amapá tinha 3 projetos no Ministério, mas não foram contemplados. O Ministério tem cerca de R$ 2,5 bilhões anuais para execução em projetos turísticos cujas ações podem ir desde a qualificação para o atendimento ao turista até obras de infraestrutura como rodoviárias e aeroportos.
Camilo Capiberibe e Barreto iniciaram as tratativas no sentido de qualificar o Amapá para acessar recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID em projeto de até R$ 400 milhões. O primeiro passo será conseguir a aprovação da capacidade de endividamento do estado do Amapá pela Comissão de Financiamentos Externos – COFIEX do Ministério do Planejamento. A carta-consulta deverá ser apresentada no início do próximo ano ao Ministério.
Potenciais turísticos do Amapá como o Arquipélago do Bailique, onde foi instalado em 2002 o Ecotel-Escola Bosque que nunca chegou a funcionar, o Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, e a possibilidade de tornar o Amapá a porta de entrada turística da Amazônia foram mencionados durante a reunião.

Carnaval – A deputada federal Janete Capiberibe (PSB) reforçou ao Ministro Barreto o pedido para que libere R$ 1 milhão para o Carnaval 2011 no Amapá, além dos R$ 352 mil das suas emendas individuais para a festa, dos quais R$ 100 mil serão para a Associação Recreativa Piratas da Batucada. A socialista tem apoio das deputadas Dalva Figueiredo (PT) e Fátima Pelaes (PMDB) na solicitação. Os recursos estão contingenciados e o Ministério apresentará uma resposta formal em dezembro ou janeiro próximos. A contrapartida do Governo do Estado seria de R$ 120 mil à demanda espontânea e de R$ 39 mil à emenda da deputada Janete.
Além das parlamentares, acompanharam o governador eleito do Amapá os coordenadores setoriais da equipe de transição Juliano Delcastilo Silva e Edson Valente e os assessores do ministro Frederico Costa e Claudinei Pirelli.

Legenda: No Turismo, o governador eleito (e), o ministro (c) parlamentares e assessores


Texto e foto:
Sizan Luis Esberci
Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP)
61 3215 5223

Governador eleito busca informações sobre o programa “Nota Legal”, do DF

O governador eleito Camilo Capiberibe e os coordenadores setoriais da equipe de transição do futuro governo do Amapá Juliano Delcastilo e Edson Valente conheceram nesta quarta, 24, o Programa Nota Legal, implantado pelo Governo do Distrito Federal em setembro de 2008. O programa devolve até 30% do ICMS e do ISS recolhido por meio de créditos que servem para o pagamento do IPTU e do IPVA e a partir do próximo ano vai dar premiações trimestrais aos consumidores cadastrados no programa.
Capiberibe pretende implantar um programa semelhante ao Nota Legal no estado do Amapá com o objetivo de criar uma educação fiscal e ampliar progressivamente e de forma responsável a receita do estado e dos municípios.
Dentre os grandes benefícios apontados pelo titular da Subsecretaria da Receita do Governo do Distrito Federal Francisco Otávio Miranda Moreira estão a redução na inadimplência do IPTU e do IPVA pelo incentivo do desconto, a redução da sonegação no varejo e o combate à concorrência desleal entre os comerciantes. “O programa é criticado por aqueles a quem não interessa a lisura fiscal”, afirmou.
Seguindo o modelo adotado em São Paulo, o programa do DF foi criado por uma lei distrital (que no Amapá equivale a uma lei estadual), foi regulamentado por decreto e é operacionalizado por meio de portarias. Em janeiro de cada ano os créditos do consumidor adquiridos até o mês de novembro do ano anterior ficam disponíveis para abatimento no IPTU e no IPVA. Estima-se que uma família de classe média possa juntar entre R$ 600,00 e 800,00 em créditos durante um ano.
Com o Nota Legal, ao efetuar a compra, o consumidor inclui o número do seu CPF na nota ou no cupom fiscal. Por meio do livro eletrônico, o comerciante registra a compra efetuada por aquele determinado CPF e envia ao banco de dados da Secretaria da Fazenda. Aí é calculado automaticamente o montante que será devolvido em bônus ao consumidor que exigiu o CPF na nota. Para usar os bônus no pagamento de IPTU e IPVA o contribuinte precisa se cadastrar no site da Secretaria da Fazenda. No DF, já são 1 milhão e 100 mil consumidores beneficiados e R$ 57 milhões em créditos distribuídos. A cada R$ 100 em compras são devolvidos até R$ 7,50 em bônus.
Um projeto de autoria do deputado estadual Camilo Capiberibe para instituir programa idêntico no Amapá foi aprovado pela Assembleia, mas vetado pelo governador Waldez Góes.
Além do subsecretário, o governador eleito Camilo Capiberibe foi recebido pelo assessor Estevão Caputo e Oliveira, pelo chefe de núcleo de execução de projetos especiais José Ribeiro da Silva Neto, pelo coordenador técnico da informação Nélio Lacerda Vanderley e pelo assistente Dalton Santos Lira.

Texto e foto:
Sizan Luis Esberci
Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe – PSB/AP
61 3215 5223

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Camilo Capiberibe procura desemperrar BR 156 e obras portuárias


Amapá pode se tornar centro logístico no transporte de cargas do Norte e Centro-Oeste


Brasília, 23/11/2010 - O governador eleito Camilo Capiberibe, os coordenadores setoriais da equipe de transição do novo governo do Amapá Juliano Delcastilo e Edson Valente e o prefeito de Santana Antônio Nogueira reuniram-se hoje, 23, com o diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT Luiz Antônio Pagot para tratar dos investimentos do governo federal na BR 156 e na infraestrutura portuária.

A situação apontada como mais urgente pelo governador eleito é o trecho Norte da BR 156, cujo Termo de Compromisso 016/76, incluído no PAC 1 do Governo Federal, corre o risco de ser extinto em 31 de dezembro sem que nenhum centavo dos R$ 265 milhões aprovados para o projeto tenha sido aplicado. Deste valor, R$ 39 milhões estão disponíveis na conta corrente do governo do estado e outros R$ 20 milhões estão empenhados esperando a liberação.

Capiberibe pedirá ao governador Pedro Paulo que apresente ao DNIT o pedido para prorrogação do convênio, evitando, assim, que o estado perca os recursos. O governador eleito comprometeu-se de, prorrogado o Termo de Compromisso, buscar resolver as pendências na prestação de contas referentes aos R$ 34 milhões, executar as ações previstas nas 9 aldeias Uaçá e corrigir os problemas construtivos ocorridos no trecho de 54 quilômetros perto de Oiapoque.

Camilo pretende ainda que o governo do estado formalize ao Ministério dos Transportes o interesse em executar o trecho Sul da BR 156, de 271 quilômetros, até a Cachoeira de Santo Antônio. Pelo planejamento inicial, o trecho ainda não iniciado seria executado pelo Governo do Amapá, mas o Ministério dos Transportes reverteu a obra para o DNIT. Pagot não soube precisar se o pedido partiu da bancada do Amapá ou de apenas um parlamentar.

Em vários momentos, o diretor geral manifestou descontentamento com a gestão dos recursos repassados pelo DNIT por meio de convênios com o governo do estado do Amapá. “As estradas no Amapá não estão bem e isso repercute [mal] até na imagem do DNIT”. Num desabafo, o diretor lamentou que só tivesse feito duas viagens ao estado por ter sido vetado. “Recebi ordem de não ir para o Amapá, talvez para não ver as coisas erradas que havia no lá. Tinha convênio de manutenção rodoviária que estava sendo pago mas não tinha obra. E queriam me levar para ver as obras de helicóptero. Eu disse, 'não, vamos de carro'”, relatou Pagot sobre uma das duas viagens que fez ao Amapá.

A ausência de obras de conservação nos 409,6 quilômetros dos trechos Sul e Norte da BR 156, apesar dos R$ 51 milhões contratados pelo governo do Amapá com o Governo Federal conforme o Termo de Compromisso 276/2006 surpreendeu o diretor do DNIT. A fiscalização, no entanto, cabe à Secretaria de Transportes do Governo do Amapá. “Depois de publicada a ordem de serviço, as empreiteiras têm 30 dias para instalar o canteiro de obras e começar a recuperação”, resumiu Pagot, que disponibilizou equipes técnicas do DNIT para contribuir com o novo governo do estado do Amapá na consultoria e execução dos projetos atuais ou novos.

Pagot sugeriu ao governador eleito que faça um levantamento das necessidades que o estado tem nas rodovias federais, apresente ao Ministro dos Transportes e peça uma comissão conjunta do DNIT, CGU e Governo do Estado para investigar a execução e as possíveis irregularidades nas obras sempre que for o caso.

O diretor do DNIT mostrou-se otimista com a iminência do novo governo e pediu apoio político do governador Camilo para instalar uma Superintendência do DNIT no Amapá. “Eu preciso de uma Superintendência no Amapá. Se já tivesse, metade dos problemas não teriam acontecido. Preciso de apenas 4 DAS (funções gratificadas para os cargos de chefia no Governo Federal). Já viu uma empresa ter investimentos de R$ 500 milhões e não ter uma filial para gerir os recursos?”, exemplificou, deixando entender que ocorrem pressões políticas para que a Superintendência não seja instalada no estado. Apenas Amapá, Distrito Federal, Roraima e Acre ainda não têm superintendências do órgão.

Pagot está entusiasmado com a perspectiva de investimentos na infraestrutura portuária do Amapá. Se esta possibilidade se concretizar, o estado entrará na logística de transporte de exportação e importação, especialmente para escoar a produção agrícola das regiões Centro-Oeste e Norte, com a pavimentação da BR 163 até Santarém (PA), prevista para ser concluída em 2012. Do Médio Amazonas, as cargas seriam levadas por balsas com capacidade de 40 mil toneladas até Santana (AP), onde ocorreria o transbordo para os navios de grande calado. Daí chegariam aos portos de todos os continentes. O local proposto para o novo projeto é a Ilha de Santana, que receberia investimentos de urbanização, além da estrutura portuária. A construção dos portos fluviais de Santana, de Laranjal do Jari e Oiapoque também foi tratada na reunião.

O futuro governador trata a ideia com dedicação e pretende debatê-la com a sociedade do Amapá. “Estamos ouvindo sugestões e vamos debater com todos os setores para sabermos se esse projeto de desenvolvimento interessa para o Amapá. Tem que ser uma decisão debatida, coletiva, por que refletirá no futuro da população do nosso estado, com todos os benefícios e todas as implicações”, afirmou.


Legenda: Pagot, Capiberibe e Nogueira, no DNIT


Texto e foto:

Sizan Luis Esberci

Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe – PSB/AP

61 3215 5223

LIESA DECIDE QUE PIRATÃO VOLTA AO CARNAVAL EM 2011 NO GRUPO DE ACESSO

No último fim de semana a Liga das Escolas de Samba do Amapá-LIESA reuniu os conselheiros para uma votação que trouxe a Escola de Samba Piratas da Batucada de volta ao carnaval amapaense no Grupo Acesso. O Conselho, que reúne representantes das 10 agremiações carnavalescas do Estado, decidiu por unanimidade perdoar excepcionalmente Piratão e evitar a punição de afastá-lo do carnaval amapaense por 2 anos. Somente a perda do título de campeã do carnaval 2010 permanece. “O Conselho tomou uma decisão que vai enriquecer o carnaval 2011 que foi o perdão, que traz de volta o Piratão, a comunidade da Zona Sul não poderia ser penalizada por uma atitude isolada, nem os brincantes, nem o nosso carnaval, sem Piratão o carnaval iria diminuir bastante”, fala o presidente da LIESA, Orles Braga.

Piratas da Batucada foi penalizada pelo Conselho da LIESA este ano com a perda do título e afastamento do carnaval após os fatos que causaram um desastre no carnaval amapaense. Tida como a campeã pelo público e os próprios adversários, a Universidade da Samba Boêmios do Laguinho, foi anunciada na apuração como detentora do segundo lugar, o que resultou em uma ação da Universidade dentro da LIESA contra o resultado e denúncia de compra de notas e jurados. Mesmo aclamada como campeã, Piratas da Batucada perdeu o título após a decisão do Conselho que acatou a denúncia do presidente de Boêmios, Vicente Cruz, que acusou a indicação de jurado para favorecer Piratas. Em maio o Conselho decidiu que Boêmios era campeã do carnaval 2010.

A penalidade imposta pelo Conselho da LIESA à Piratas da Batucada não foi contestada porque a escola encontrava-se em crise interna com o término do mandato de Gilson Rocha e vacância do cargo de presidente por sucessivas ações movidas entre as próprias chapas que concorriam à presidência. Por este motivo a escola perdeu os prazos para recorrer da decisão e o presidente da LIESA anunciou o Carnaval de 2011 com 9 escolas. Para resolver a crise instalada no Piratas, um grupo de fundadores formados pela ala jovem, convocou uma assembléia para formar uma Junta Diretora, o que resultou novamente em ação na Justiça movida por adversários para evitar a formação da Junta. O juiz Normandes Antônio de Souza deu ganho de causa aos fundadores e a Diretoria Executiva Provisória foi constituída pelo ex-presidente Reginaldo França, Alex Pereira no setor administrativo e Ilka Carrera no financeiro.

A Diretoria Provisória entrou com uma ação na última sexta-feira, 19 de novembro, na LIESA pedindo a recondução da Piratas ao carnaval amapaense, o que foi aceito no sábado pelos conselheiros. “Após esse período dramático lutamos dentro da escola e fora dela para que Piratas pudesse voltar ao carnaval, desfilaremos no grupo de acesso, mas não vai impedir que façamos um lindo carnaval e não vai nos diminuir em nada, temos o compromisso de trazer de volta os brincantes que estão afastados e voltarmos para o primeiro grupo grandiosos”, fala França. A decisão veio a tempo de Piratas gravar o samba para o CD de 2011, cuja gravação encerra esta semana. Piratas traz para o Sambódromo o enredo campeão de 1997, “Corpo de Mani, Dádiva de Tupã”, numa homenagem a Mestre Monteiro, piratista falecido este ano e que passou por todos os setores da escola e foi o primeiro presidente da LIESA. Um dos compromissos assumidos por França na LIESA foi o de apurar os fatos e punir o causador de acordo com o estatuto da agremiação. O presidente França já solicitou à LIESA cópia do processo administrativo que puniu o Piratão para que a Escola tome uma decisão para que casos como estes não prejudiquem o carnaval amapaense.

Mariléia Maciel

Assessora de Comunicação-LIESA

Mais informações: 8116-6687

Governador eleito Capiberibe reúne-se com gerente do Calha Norte


Amapá precisa regularizar situação para captar recursos do Calha Norte

Brasília, 23/11/2010 – O governador eleito Camilo Capiberibe, os coordenadores setoriais da equipe de transição Juliano Delcastilo Silva e Edson Valente reuniram-se nesta terça, 23, em Brasília, com o gerente do Programa Calha Norte do Ministério da Defesa Brigadeiro Roberto de Medeiros Dantas. Durante a reunião que durou cerca de duas horas, na sede do Calha Norte, em Brasília, trataram de recursos do Programa que podem ser captados pelo Governo do Estado do Amapá.

Segundo o gerente, o Governo do Amapá perdeu entre R$ 40 e 50 milhões anuais por não firmar convênios ou atualizar projetos e documentos dos convênios firmados com o Calha Norte. “Acre e Rondônia levam 98% dos recursos. E o Amapá tem o pior desempenho dos estados da região Norte”, afirmou o Brigadeiro Dantas ao governador eleito. “Lamento que eu passe um ano esperando por um documento e tenha que cancelar o convênio por que não recebo qualquer resposta”, enfatizou.

Segundo o Brigadeiro, o problema pode ser sanado com uma boa gestão e uma equipe técnica competente. Como exemplos de bom desempenho no próprio Amapá citou os municípios de Tartarugalzinho e, especialmente, Santana, cuja “equipe que o prefeito [Antônio Nogueira] montou é nota mil”, elogiou o gerente. Ele afirmou que está à disposição para receber equipes técnicas do Governo do Amapá que poderão conhecer o Calha Norte com profundidade e se aperfeiçoarem na elaboração dos projetos conforme as normas técnicas e jurídicas do programa.

“O que nós pudermos ajudar, estamos a seu dispor. É muito difícil para o gestor começar numa situação tão caótica como essa”, solidarizou-se o Brigadeiro.

O governador eleito e a equipe técnica mostraram grande interesse em captar recursos do Calha Norte, já que o programa permite obras de infraestrutura em praticamente todas as áreas e não sofre contingenciamento de recursos e a contrapartida varia de 3% para os municípios em faixa de fronteira a 5% e 10% para os que estão fora da faixa de fronteira.

Do orçamento de 2007, o Governo do Estado do Amapá perdeu mais de ¾ dos recursos que foram disponibilizados por meio de projetos pelo Calha Norte. Dos R$ 5,55 milhões, o governo recebeu apenas R$ 1 milhão e perdeu os restantes R$ 4,55 milhões, cujos convênios foram rescindidos por que o governo estadual não atualizou os projetos. Do orçamento da União de 2008, o Calha Norte aprovou R$ 12,5 milhões, mas nenhum centavo foi liberado por que o governo do estado do Amapá não atualiza os projetos. De 2009, são R$ 12,2 milhões aprovados. Estes convênios serão rescindidos no dia 30 de novembro por que as obras não foram iniciadas, já que o Governo Estadual não atualizou a documentação para que o dinheiro fosse liberado. No orçamento de 2010 estão previstos R$ 5,15 milhões que estarão disponíveis para execução até novembro de 2011, mas o estado deverá regularizar toda a documentação, além de sanar as 8 pendências em convênios e prestações de contas já vencidas, além das outras que vão vencendo no decorrer do período.


Legendas:

calha1 – Brigadeiro Dantas apresenta pendências do Governo do Amapá ao governador eleito

calha2 – Governador eleito Camilo e brigadeiro Dantas (c) e os técnicos Valente e Delcastilo



Texto e fotos:

Sizan Luis Esberci

Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP)

61 3215 5223

Governador eleito reúne-se com a bancada para definir recursos para o Amapá


Brasília, 23/11/2010 – O governador eleito Camilo Capiberibe reuniu-se hoje, 23, com a bancada de parlamentares do Amapá e com os prefeitos amapaenses em Brasília. Eles trataram das emendas que a bancada apresentará ao Orçamento da União 2011 conforme as prioridades apresentadas pelo futuro governador. Dos prefeitos, o governador eleito ouviu as demandas para a execução de obras que estão paralisadas por que não houve transferência de recursos estaduais. O governador eleito, senadores, deputados, e prefeitos deverão ir ao Palácio do Planalto pedir a liberação das emendas parlamentares contingenciadas no Orçamento de 2009.

Semana passada, o coordenador da bancada do Amapá, senador Gilvam Borges comprometeu-se com o governador eleito Camilo Capiberibe de reservar R$ 24 milhões para o programa Professor Conectado. Hoje a bancada afirmou que atenderá as solicitações levadas pelo governador eleito. As emendas deverão servir para duplicar a rodovia Duca Serra, entre Macapá e Santana (R$ 106 milhões), para a rodovia Norte-Sul (R$ 55 milhões), para o canal do Beirol (R$ 40 milhões), para reaparelhar a Secretaria de Transportes do Amapá – SETRAP (R$ 20 milhões), para reaparelhar o setor de imagem das unidades de saúde do estado (R$ 25 milhões), para construir o campus da UEAP (R$ 20 milhões), para elaborar o projeto de pavimentação da BR-210 (R$ 15 milhões), para construir a ponte sobre o rio Matapi (R$ 30 milhões), para ampliar o Hospital de Santana (valor ainda não definido), para adquirir insumos para massa asfáltica (R$ 20 milhões), para a urbanização da Orla de Santana (R$ 30 milhões), para construir a nova arquibancada do sambódromo de Macapá (R$ 25 milhões), para reformar a Maternidade Mãe Luzia (valor ainda não definido) e para obras diversas do governo do Estado do Amapá (R$ 30 milhões).

O governador eleito também propôs que os deputados e senadores apresentem emendas individuais para projetos como a construção da feira do pescado (R$ 2,7 milhões), a construção do mercadão do produtor (R$ 2,4 milhões), construção da cidade do samba (R$ 4,3 milhões), realização do carnaval (R$ 1,5 milhão), confecção do plano rodoviário estadual e municipal (R$ 3 milhões), capacitação de técnicos do GEA para a gestão e execução de projetos (R$ 3 milhões) e para a reforma da unidade de saúde de Oiapoque (R$ 2 milhões). Cada parlamentar tem até esta quarta, 24, para apresentar até 25 emendas individuais no valor total de R$ 13 milhões. Assim, as emendas individuais dos parlamentares do Amapá totalizam R$ 143 milhões. Já a bancada, coletivamente, pode apresentar até 18 emendas coletivas sem limite de valor.

Participaram da reunião o senador Papaléo Paes (PSDB), os deputados Sebastião Bala Rocha (PDT), Janete Capiberibe (PSB), Lucenira Pimentel (PR), Evandro Milhomem (PCdoB), Jurandil Juarez e Fátima Pelaes (PMDB) e Dalva Figueiredo (PT), além dos prefeitos Antônio Nogueira (Santana), Agnaldo Rocha (Oiapoque), Euricélia Cardoso (Laranjal do Jari), Francimar Santos (Serra do Navio), José Carlos Carvalho – Marmitão (Mazagão), Mosaniel dos Santos (Pracuuba), Rildo Aguiar (Tartarugalzinho) e Valdo Isacksson Monteiro (Ferreira Gomes).

Às 17 horas está prevista audiência do presidente do Congresso Nacional José Sarney ao governador eleito Camilo Capiberibe, à bancada de parlamentares e aos prefeitos amapaenses.


Texto e fotos:

Sizan Luis Esberci

Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP)

61 3215 5223

MARCHA DAS MARIAS

Nesta quinta, dia 25, aCoordenadoria Municipal da Mulher, o Conselho
Municipal da Mulher e Movimentos de Mulheres, realizarão a Marcha das
Marias. O evento terá concentração na Arena dos Congós, às 15:30
horas, e contará com a presença da Prefeita de Macapá em Exercício
Helena Guerra, secretariado municipal, autoridades estaduais e a
população.
A Marcha é uma caminhada de conscientização realizada com a
participação de toda a Rede de Atendimento à Mulher e o Município de
Macapá para homenagear Maria Zelinda Mira, assassinada em 1958.
Com objetivo de chamar a atenção para o enfrentamento à violência
contra a mulher na capital amapaense, a Marcha das Marias acontecia na
Orla de Macapá, porém este ano será feita no bairro Congós por ter
sido a região estatisticamente com mais casos de violência contra a
mulher. “Acatamos o pedido dos Movimentos de Mulheres para fazermos a
Marcha este ano no bairro Congós”, contou Cristiane Mota, Coordenadora
Municipal de Políticas para as Mulheres.
Projeto de Lei nº 121/2003 – CMM
O evento ainda contará com uma homenagem para a Marivalda Barbosa da
Silva, vereadora autora do Projeto de Lei nº 121/2003 – CMM,
sancionado por Helena Guerra. O Projeto de Lei nº 121/2003 – CMM, foi
sancionado no dia 25 de novembro de 2003, que criou a Marcha de
Combate a Violência contra a Mulher no âmbito do Município e incluindo
assim no Calendário de Eventos de Macapá.
Maria Zelinda dos Santos Mira
A Marcha das Marias, é um movimento social que abrange todos os
setores em diferentes camadas sociais e que faz homenagem a Maria
Zelinda dos Santos Mira, assassinada por seu esposo no dia 27 de
outubro de 1958, na Praça Nossa Senhora da Conceição. Ela faleceu aos
15 anos, grávida de seis meses de seu primeiro filho. Sua morte foi
premeditada por seu esposo Valdir Mira, que após tê-la agredido
fisicamente e ter ficado preso por alguns dias, sob pretexto de uma
possível reconciliação, marcou um encontro com a vítima na referida
Praça, ocasião em que lhe tirou a vida com 16 facadas.
Informações da Marcha das Marias
• Data da Marcha: 25 de novembro de 2010, quinta-feira
• Concentração: Arena dos Congós, 15:30 horas
• Saída: 16:00 horas
• Percurso: da Arena dos Congós em direção ao Superfácil da Zona Sul
• Encerramento: em frente ao Superfácil.

--
Ascom/Gabiv/PMM
(96) 3213-1355

TENDÊNCIAS/DEBATES - Justa aplicação da Lei da Ficha Limpa LUIZA ERUNDINA

É necessário atentar para as peculiaridades de cada caso, de modo a evitar o uso desse instrumento por aqueles que adotam práticas mesquinhas

A Lei da Ficha Limpa representa importante conquista da sociedade civil, mas é insuficiente para corrigir as imperfeições que causam graves distorções ao nosso sistema político, o que requer uma ampla e profunda reforma política.
Ao vetar a participação em eleições daqueles que, comprovadamente, transigiram eticamente no exercício de cargo público ou mandato eletivo, referida lei atende aos reais e legítimos anseios da sociedade, que clama por ética na política. Assim sendo, devemos defendê-la e saudar a decisão do Supremo Tribunal Federal pela sua aplicação já nas eleições de 2010.
Contudo, é necessário atentar, em sua aplicação, para as peculiaridades de cada caso, de modo a evitar eventuais injustiças e o uso desse instrumento legal por aqueles que adotam práticas mesquinhas e antidemocráticas.
Citaria, como exemplo, os casos de João Capiberibe e de Janete Capiberibe, ex-senador e atual deputada federal pelo Estado do Amapá, respectivamente. Ambos símbolos da luta contra a ditadura militar e considerados reservas morais da política brasileira.
Eleito duas vezes governador do Amapá e deputada federal por dois mandatos, enfrentam os coronéis da política local, tendo realizado governos éticos e competentes, de combate à corrupção, enfrentamento da miséria e preservação dos recursos naturais daquele Estado.
Foram eleitos em 2002, ele senador, ela deputada federal, apesar da renhida perseguição do grupo político que disputa o controle do poder no Estado. Tendo destacada atuação no Congresso, João é autor do projeto que deu origem à lei da transparência, importante instrumento de combate à corrupção na administração pública.
Diante desse histórico de compromisso com a democracia, com a ética e com o interesse público, é incompreensível e absolutamente inaceitável a cassação, em 2005, dos seus mandatos por alegação de corrupção eleitoral, baseada em falso testemunho de duas eleitoras que diziam ter vendido seus votos aos dois candidatos por R$ 26, a serem pagos em duas parcelas. É, no mínimo, ridícula essa denúncia.
Em 2010, novamente eleitos senador e deputada federal, com expressivo número de votos, estão ameaçados de ter seus mandatos mais uma vez cassados, agora com base na Lei da Ficha Limpa, em razão da primeira condenação.
Além de ser injusto terem que pagar duas vezes por um "crime" que não cometeram, isso significa uma clara violação da vontade soberana dos cidadãos amapaenses, que, em duas eleições livres e democráticas, elegeram Capi e Janete para representá-los no Congresso. Confiamos que, dessa vez, os recursos por eles impetrados no TSE e no STF sejam deferidos, para que se devolvam ao povo do Amapá os mandatos que conferiu aos seus ilustres representantes, João e Janete Capiberibe.
Aos dois, nossa irrestrita solidariedade, confiante de que a soberania do voto popular será respeitada pelas instâncias superiores do Poder Judiciário.



--------------------------------------------------------------------------------
LUIZA ERUNDINA é deputada federal (PSB-SP). Foi vereadora, deputada estadual, prefeita de São Paulo e ministra-chefe da Secretaria da Administração Federal (governo Itamar).

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

PREFEITURA DE MACAPÁ PARTICIPA DA SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA


No último sábado, 20, aconteceu a abertura da Semana da Consciência
Negra e 16º Encontro de Tambores, na sede da União dos Negros do
Amapá. A festa vem contando com uma vasta programação incluindo
palestras, exposições, apresentação de grupos de danças, artesanato e
ritos religiosos, além da participação das 34 comunidades
afro-descendentes do Estado.
Na noite de sábado, a Prefeita de Macapá em Exercício, Helena Guerra,
participou da tradicional Missa dos Quilombos, e na ocasião visitou os
espaços onde a Prefeitura e suas secretarias realizavam atividades,
entre elas ações de 2010, distribuição de folder, mural informativo,
exibição de vídeos, pintura facial, oficinas, ações de saúde. “Está
uma festa belíssima e não poderíamos deixar de prestigiar, porque é a
nossa cultura, é a nossa cara, a cara da nossa cidade, a essência de
Macapá”, contou.
A Vice-Prefeitura de Macapá levou para a UNA o Espaço Cultural Venina
Francisca da Trindade, mostrando, em fotos, as exposições que por ali
passaram. “Tia Venina foi uma grande referência da cultura
afro-amapaense e a Prefeita Helena Guerra teve essa sensibilidade em
homenageá-la demonstrando respeito e consideração por essa grande
figura. Como neto e representante da família fico lisonjeado, feliz e
emocionado em presenciar esse momento. É muito bom saber que a
Prefeitura reconhece a importância da data da consciência negra para
todos os munícipes de Macapá”, conta Jorge Alberto, neto de Venina
Francisca da Trindade.
Em tempo: Venina Francisca da Trindade foi funcionária pública federal
e nas horas vagas vendia tacacá. Cresceu vendo a comunidade negra de
Macapá realizar suas festas de devoção com muita animação,
principalmente quando se fazia homenagens ao Divino Espírito Santo e a
Santíssima Trindade. Fascinada por marabaixo, Venina dançava e cantava
em qualquer lugar, sem ter a vergonha de mostrar a beleza dos versos
dos ladrões e os passos morosos da expressão cênica popular da sua
terra natal. No dia 03 de junho de 1998, o folclore de Macapá se viu
privado da alegria contagiante de sua Dama do Marabaixo.
De acordo com a Coordenadora Municipal da Igualdade Racial, Cirlene
Maciel, a Prefeitura de Macapá está participando ativamente na Semana
da Consciência Negra. “Ano passado estávamos aqui somente com a
Coordenadoria, no entanto esse ano a Prefeitura está completa com as
secretarias de educação, saúde, vice-prefeitura, todos estão
envolvidos ministrando oficinas e expondo materiais diversos”.
Programação
Por toda a semana a população poderá participar das ações que farão
parte da semana da consciência negra e encontro de tambores com
seminários, atividades afro-religiosas, debates, espetáculos musicais
como sairé, batuque, samba, zimba, marabaixo e muito mais.
• Sábado (20): rufar dos tambores, tradicional missa dos quilombos e
rodada de marabaixo;
• Domingo (21): apresentações musicais e concurso da mais bela negra;
• Segunda (22): apresentações dos culto-afros (candomblé);
• Terça (23): apresentação do tambor de mira;
• Quarta (24): palestras, seminários e abertura das apresentações das
comunidades;
• Sexta (26): seminários;
• Sábado (27): café da manhã para comemorar os 24 anos de fundação da
União dos Negros do Amapá, apresentação de comunidades e encerramento
da festa.
História
O dia 20 de novembro é o Dia Nacional da Consciência Negra, instituído
em 1978. Esta data marca um período de luta contra a escravidão e o
assassinato de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, um
extraordinário e talentoso líder da liberdade. Anos depois de sua
morte, a Lei 10.639, de 09 de janeiro de 2003, tornou obrigatório nas
escolas o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira.

Secretaria Municipal de Ação Social participa de projeto de inserção social para deficientes físicos.


A Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (SEMAST) participou neste ultimo sábado (20) da solenidade de recebimento de cadeiras de rodas doadas pelo Projeto Mãos que ajudam, uma iniciativa da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias. Na ocasião o Projeto fez a doação de oitenta e oito cadeiras que serão distribuídas entre instituições de assistência à pessoas com deficiência física do Amapá, entre elas a SEMAST.
Nos últimos três anos, mais de dez mil cadeiras foram distribuídas no Brasil pelo programa Ajuda Humanitária do Projeto Mãos que Ajudam. No Amapá o Projeto foi desenvolvido em parceria com órgãos institucionais que assistem a estes deficientes.
Entre os parceiros estão a Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho, o Centro de Reabilitação do Amapá (CREAP) e a Associação de Deficientes Físicos do Amapá, à estas instituições serão entregues as cadeiras e distribuídas conforme o cadastro existente em cada órgão.
Em seu pronunciamento, a Secretária da SEMAST parabenizou a iniciativa da Instituição e ressaltou a importância do incentivo a projetos de inclusão social. “É grande a nossa satisfação em poder contribuir com esta ação, as cadeiras serão entregues a deficientes cadastrados de nossa Secretaria e tenho certeza que isso favorecerá a qualidade de vida de nossos munícipes portadores de necessidades especiais”, concluiu Sara Nubia.
Os deficientes físicos que queiram se cadastrar na SEMAST para o recebimento de assistência às suas necessidades especiais, bem como cadeiras de rodas e oportunidades de inserção social , devem procurar o prédio da Secretaria localizado na Rua Cândido Mendes de esquina com Avenida FAB, Centro.

CMM vai comemorar o Dia da Consciência Negra com Audiência Pública

Karina Leite - Ascom/CMM

Com o objetivo de repensar o papel da escola na formação de identidades por meio da Educação Infantil nas relações étnico-raciais, bem como, sensibilizar os profissionais da área para a construção de uma educação inclusiva, acontecerá nesta terça-feira, 23 de novembro, a Audiência Pública com o tema “Educar pra não discriminar”, na Câmara Municipal de Macapá, às 9 horas. O evento é uma iniciativa da Vereadora Cristina Almeida (PSB-AP), em alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado no dia 20 de novembro.
Na ocasião, será realizado uma mesa redonda com a participação das instituições públicas, envolvidas na implementação da Lei Municipal nº 1696/2009 – PMM, e sociedade civil no intuito de debater as perspectivas e atual situação da Lei Municipal e sua correta aplicação.

De acordo com a Vereadora, Cristina Almeida, é preciso trabalhar a discussão da diversidade já na infância. Se a criança não for preparada desde cedo, dificilmente romperá com os preconceitos possivelmente presentes em seu meio e tenderá a repetir os padrões de discriminação que aprender. “A luta pela superação do racismo e da discriminação racial é, pois, tarefa de todo educador, independente do seu pertencimento étnico-racial, crença religiosa ou posição política”, afirma Cristina.

Procuradoria do Amapá vai investigar falso testemunho no caso Capiberibe

KÁTIA BRASIL
ENVIADA ESPECIAL da FOLHA A MACAPÁ (AP)

A Procuradoria da República no Amapá abriu procedimento administrativo para apurar suposto crime de falso testemunho, com base no depoimento do cinegrafista Roberval Coimbra Araújo.
Ex-funcionário de uma TV da família do senador Gilvam Borges (PMDB-AP), ele acusa o político de ter dado dinheiro a três testemunhas no processo por compra de votos, na eleição de 2002, que cassou os mandatos de João e Janete Capiberibe (PSB).
O procedimento administrativo é coordenado pela procuradora-chefe Damaris Rossi Baggio de Alencar, que também responde pelo Ministério Público Eleitoral.
Em dois depoimentos de julho, um registrado em cartório, Araújo contou no MPE ter sido procurado por Gilvam para contratar as testemunhas que depuseram contra o casal Capiberibe.A Procuradoria agora quer confrontar o depoimento de Araújo com as declarações de duas testemunhas, Maria de Nazaré Oliveira e Rosa Saraiva dos Santos, prestadas ao MPE em 2002.
Na ocasião, de acordo com a assessoria da Procuradoria, elas disseram que João Capiberibe ofereceu R$ 20 mil a cada uma para mudarem o depoimento sobre a compra de votos. A mesma denúncia virou uma ação penal na Justiça Estadual, movida pelo PMDB contra os advogados do ex-senador. Capiberibe nega a denúncia, e diz que as duas testemunhas tentaram extorqui-lo. Foi com base no depoimentos de Maria e Rosa que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) cassou os mandatos de João e Janete Capiberibe no Senado e na Câmara em 2005 e 2006, respectivamente.

ELEITOS. Nas eleições deste ano, João e Janete Capiberibe tiveram votos suficientes para serem eleitos. As candidaturas deles haviam sido barradas pelo TSE por causa da Lei da Ficha Limpa. Mas, nesta semana, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Amapá decidiu proclamá-los eleitos.
Os Capiberibe devem ser nomeados e diplomados até sair a decisão final.
Em nota, o senador Gilvam nega ter comprado as testemunhas. Diz que o cinegrafista é "bandido" e que o processo na Justiça Estadual "merece julgamento com urgência, para evitar que elas [as testemunhas] sofram ameaças e pressão para mudem os depoimentos".
O cinegrafista foi esfaqueado no último dia 6, ao ser roubado. Ele disse ontem à Folha, antes de passar por cirurgia para estancar hemorragias no fígado e intestino, que vinha sofrendo ameaças.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Roberto Góes reúne bancada e garante apoio para obras em Macapá

O prefeito de Macapá reuniu-se ontem em Brasília com integrantes da Bancada Federal do Amapá, no Congresso Nacional. Segundo ele, a iniciativa foi para agradecer o apoio para a liberação de recursos federais este ano e também para apresentar as demandas da Capital para ser objeto de Emendas Parlamentares no Orçamento de 2011. O gestor municipal disse que entre as prioridades está a construção do Shopping Popular da Zona Norte.
O prefeito também esteve na Esplanada dos Ministérios, com paradas estratégicas naqueles onde ainda existiam algum tipo de pendências administrativas emperrando a liberação de recursos federais para este ano. “Como 2010 foi um ano de eleições gerais, por força da legislação a liberação desses recursos são interrompidas no período eleitoral, daí a gente voltar à carga agora e assim garantir que antes do fim do ano os recursos sejam empenhados”, explicou Góes.
De acordo com declarações do prefeito, havia uma estratégia utilizada no ano passado, de canalisar o maior número de emendas para obras de asfaltamento e calçamento de vias em Macapá. Para este ano, a estratégia é agir em várias frentes, sem esquecer o asfaltamento. “Essa é uma demanda recorrente e que traz com ela muitos outros benefícios, pois queremos não apenas asfaltar, mas implantar a drenagem e a urbanização”, disse Roberto, citando como exemplo o trabalho de conclusão da Avenida Claudomiro de Moraes.
No Ministério das Cidades, do ministro Mácio Fortes, o prefeito disse que foi pedir garantias para que as obras da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC 2, cheguem também a Macapá. “Nós levamos o projeto e toda a documentação para garantir a criação de um novo bairro em Macapá, ao longo da Rodovia JK, onde vamos construir 1 mil casas populares. Da mesma forma, obtivemos todas as garantias para tocar a obra das 980 casas no bairro Cuba de Asfalto”, disse o prefeito.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Mudancas na Prefeitura de Macapa

Ex-secretário municipal de meio ambiente – cargo do qual se desincompatibilizou para se andidatar a deputado – Eraldo Trindade volta para o alto escalão da Prefeitura de Macapá, desta vez como secretário de desenvolvimento urbano. Ele assumiu o lugar de Alessadro Tavares. Já na Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística. Sai Gláucia Maders e assume Marcos Alberto de Souza Jucá. Glaucia pediu pra sair.
Ainda hoje mais informacoes da mudanca

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Governador Camilo Capiberibe reúne com bancada federal


O governador eleito Camilo Capiberibe (PSB) esteve reunido na tarde desta quarta-feira, 17, na sala da comissão da Amazônia em Brasília, com a bancada federal do Estado do Amapá, para discutir as emendas parlamentares para 2011.
Na reunião, uma das preocupações levantadas pelo governador eleito é em relação ao prazo para entrega das emendas parlamentares para o orçamento da União para 2011, que acontece de 17 a 24 de novembro. “O nosso objetivo é ver quais as emendas que foram alocadas e que não foram executadas este ano, além de estudar e ver quais as possibilidades de conciliarmos as prioridades dos parlamentares e do governo para o ano que vem”, enfatizou Camilo.
Capiberibe pediu ainda para que cada membro da bancada possa informar qual o valor da contrapartida de cada projeto para que o governo do Estado possa garantir a execução das emendas parlamentares. “E nós nos colocamos à disposição para dialogarmos e trabalharmos em parceria com toda a bancada do Estado do Amapá”.
Os membros da bancada foram unânimes em dizer que uma das dificuldades para a execução das emendas parlamentares passa pela licença ambiental e regularização fundiária. “Exemplo disso, é o projeto para a orla do Aturiá”, exemplificou o deputado Davi Alcolumbre.
Cada membro da bancada tem direito a R$ 13 milhões. Camilo garantiu que até a próxima terça-feira estará entregando para a bancada uma minuta dos projetos prioritários do governo do Estado para 2011.
Participaram da reunião os deputados, Jurandi Juares (PMDB), Dalva Figueredo (PT), Lucenira Pimentel (PR), Sebastião Bala Rocha (PDT), Evandro Milhomem (PCdoB), Davi Alcolumbre (DEM), Fátima Pelaes (PMDB), Janete Capiberibe (PSB) e o senador Papaléo Paes (PSBD).

Transição no Amapá começa com avaliação da gestão administrativa


Mario Tomaz
Correspondente AP
O governador eleito do Amapá, Camilo Capiberibe (PSB) reuniu a imprensa nesta quarta-feira (17) para anunciar o grupo de transição de seu governo com a atual gestão estadual. O primeiro ponto avaliativo da comissão será a atual situação da máquina administrativa "Vamos avaliar o que temos de positivo e negativo, depois entraremos na reta de reorganização e, sobretudo recuperação da moral de nosso estado", lembrou Camilo.
O atual governador, Pedro Paulo Dias de Carvalho (PP) disse que todos os setores estão à disposição do novo governador e vou aproveitar para descansar após minha saída do governo "Jà temos quinze anos de ação direta na política e precisamos agora de um pouco de tempo recuperar a saúde e o carinho de minha família", lembrou.
Equipe de transição de Camilo Capiberibe = Juliano Del Castilo Silva, 33 anos; formado em direito pela Universidade Paulista de Campinas. Assessor parlamentar da área jurídica do Senador João Alberto Capiberibe de 2002 a 2005 e atualmente exerce a função de chefe de gabinete do deputado estadual Camilo Capiberibe.
Ely da Silva Almeida, pós graduada em Política e Movimentos Socais; pós graduada em Planejamento e Orçamento Público. Ocupou cargos na Prefeitura Municipal de Macapá e no Governo do Estado
Luis Afonço Mira Picanço, bacharel em Ciências Econômicas, exerceu cargo no Sebrae, secretaria de planejamento, e atualmente ocupa cargo na Superintendência Federal de Agricultura.
Ivanci Magno de Oliveira, 46 anos; professor; advogado e mestre em direito ambiental e politicas públicas, foi secretário de Obras e de Educação do Município de Santana e eleito nas últimas eleições como suplente do senador João Alberto Capiberibe.
Kelson de Freitas Vaz, técnico em Agropecuária formado em Cambrália Paulista –SP. Exerceu funções em Ong’s nacionais e internacionais; é formado em educação sócio- ambiental e politicas públicas atualmente é assessor parlamentar.
Marcos Roberto Marques da Silva, 39 anos, professor e advogado; exerceu o cargo de secretário de Financias da Prefeitura de Porto Grande, foi corregedor e controlador geral da Prefeitura de Santana. Nas últimas eleições foi candidato ao senado pelo PT.
José Ramalho de Oliveira, graduação em Ciências Econômicas, direito, e pós graduado em Planejamento e Educação. Exerceu o cargo de secretário da Fazenda e diretor presidente da Empresa Municipal de Transportes Urbanos.
Eduardo Neves Trindade, 29 anos, graduado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo; trabalhou na assessoria de imprensa da Prefeitura de Afuá. Em Macapá fez parte da equipe da TV Macapá, afiliada a rede Bandeirante; trabalhou no Jornal dos Municípios e a Gazeta; fez parte do programa “O Mundo em debate” na rádio antena 1, e repórter da TV Amapá afiliada a rede Globo.
Meryan Gomes Flexa, 50 anos, formada na área de Ciências Humanas, pós graduada em Metodologia do ensino superior e mestrado em Gestão Pública. Exerceu os cargos de secretária Municipal de Planejamento, Urbanização, e Meio Ambiente e de secretária adjunta de Saúde do Estado.
Emerson da Costa Maramaude, técnico de enfermagem com aperfeiçoamento em gestão de saúde; Coordenador do programa de Saúde Wajãpi (PSW) e do Programa de Saúde Indígena; e coordenador do projeto de elaboração do Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável dos territórios Lagos, Centro Oeste e extremo norte do Amapá.
Dário de Jesus de Souza, 46 anos, bacharelado e licenciatura plena em geografia, exerceu cargos no Banco do Brasil e recentemente ocupa a função de secretario de Financias da Prefeitura de Oiapoque.
Edivam Barros de Andrade, mestre em desenvolvimento regional, exerceu cargos de Superintendente do Ibama e atualmente é assessor parlamentar.
Regiclaudio de Souza Silva, graduado em administração de cidades, com especialização em Gestão Urbana e em Docência do Ensino Superior.
Edson Alcântara Valente, 54 anos, engenheiro civil, engenheiro mecânico, mestre em gestão Ambiental e segurança Industrial. Atualmente trabalha na Secretaria de Transportes e no Tribunal de Justiça do Amapá.
Miriam Alves Corrêa, 49 anos, possui licenciatura plena em Pedagogia Magistério, bacharelado em ciências contábeis e acadêmica do 9º semestre de direito.
Equipe de transição governador Pedro Paulo = Deputado Edinho Duarte – coordenador político, Sebastião Máximo – Secretário especial da governadoria, Patrícia Aguiar – Procuradora Geral, Julia Favila Maia – Diretora do Prodap, Solangelo Fonseca – Secretário Setrap,Arnaldo Santos – Secretário da Receita, Odival Monterrozo–Caesa, Joel Nogueira – Secretário Especial de Gestão, Antonio Teles – Secretário de Desenvolvimento Social e Aziel Araújo – Diretor Executivo Adap.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

TCU recomenda suspensão de 32 obras do governo federal

O relatório de fiscalização de obras públicas do TCU (Tribunal de Contas da União) apresentado nesta terça-feira (9) recomenda ao Congresso Nacional a paralisação de 32 obras - de 231 fiscalizadas 'in loco' entre janeiro e agosto - devido a indícios de irregularidades.
Dessas, 18 integram o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). O TCU também recomendou a retenção parcial dos recursos destinados a 6 obras, até que os problemas sejam resolvidos.
Em outras 184 obras, também foram encontrados indícios de irregularidades, mas, nesses casos, segundo o TCU, não se justifica a paralisação. Em nove obras fiscalizadas, o TCU não fez ressalvas.
Para obter a versão do governo federal para os problemas apontados pelo TCU, a reportagem do G1 procurou as assessorias da AGU (Advocacia Geral da União) e da Casa Civil, responsável pela coordenação do PAC, e aguarda respostas.
A dotação orçamentária fiscalizada pelo TCU foi de R$ 35,6 bilhões. A maior parte das fiscalizações ocorreu em obras de transporte (42%), edificações (21,2%), infraestrutura urbana (20,3), energia (9,1%) e obras hídricas (7,4%).

Sarney pode fazer convocação para votar Orçamento

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse hoje (9) que poderá convocar extraordinariamente o Congresso para garantir a aprovação do Orçamento de 2011 ainda este ano. A afirmação vai de encontro às especulações de que estaria em negociação o adiamento da votação da matéria para o ano que vem, até que a base de apoio no Congresso esteja consolidada.
“O Orçamento é a coisa mais importante que tem no Congresso”, ressaltou Sarney. “Farei tudo para que aprovemos dentro do prazo. Mas, se precisarmos de mais alguns dias, estenderemos o prazo”, completou.
O líder do governo Romero Jucá (PMDB-RR) concorda com a atitude de Sarney e pede um esforço para aprovar o Orçamento, de preferência, até o dia 31 de dezembro. Caso o prazo não seja cumprido, o peemedebista defende ainda que a Casa faça uma autoconvoação e aprove a matéria nos primeiros dias de janeiro. “O próximo governo precisa ter um horizonte orçamentário e não pode entrar no escuro, sem esse horizonte.”
Sarney pediu também que as discussões quanto ao reajuste do salário mínimo, entre R$ 540 e R$ 580, fossem feitas com responsabilidade. No entanto, quanto ao subsídio pago aos parlamentares, ele afirmou que, apesar de o assunto ainda não estar em discussão, é favorável ao cumprimento da lei.
“De acordo com a Constituição, cada legislatura fixará os vencimentos da próxima legislatura. Agora, quanto ao valor, aí reside o problema”, disse. Atualmente, cada parlamentar recebe R$ 16.512 mensais como subsídio. (ABr)

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

No dia dos finados



Estivemos no cemiterio relembrando os bons momentos com o paizão.. Seu Ulisses e encontramos vários amigos por lá. Um deles, Pelado, filho de Turibio Orivaldo Guimaraes, tava acendendo velas para o pai.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Sucessos nacionais vão sacudir a 47ª Expofeira do Amapá

Dudu Nobre, Calcinha Preta, Alexandre Pires, Detonautas e Raimundos são algumas das atrações

“Vamos sacudir a Expofeira”. A promessa é de Ivo Canuti, da Associação das Empresas Produtoras de Eventos Artísticos e Culturais do Amapá (Apecap), responsável pela programação artística nacional da 47ª Expofeira que vai reunir a comunidade amapaense e de fora do estado no período de 12 a 21 de novembro, na arena de shows do Parque de Exposições de Fazendinha. O evento acontece anualmente há 47 anos e tem público esperado de cerca 1 milhão. “Estamos preparando uma bela programação e com certeza irá levantar o povo com muita alegria”, disse Ivo Canuti.
São cantores conhecidos do público. Alguns já pisaram em solo amapaense, outros não. Além da banda Destak e Ramon Frazely, irão subir no principal palco da 47ª Expofeira o forró contagiante de Calcinha Preta, o pagode apaixonado de Alexandre Pires, a religiosidade de Regis Danese, o sambista Dudu Nobre, o tecno brega do poderoso Tubinambá e o rock em dose dupla com Detonautas e Raimundos.
Estilos diferentes. Do samba ao forró, do rock a música gospel. Com tantas variedades musicais, a diversão está garantida na Expofeira. A população poderá assistir às apresentações gratuitamente, nos espaços das arquibancadas e na arena central.
Apenas a área de camarotes será comercializada, os espaços serão vendidos no Bloco Malagueta. Os preços variam de 3 mil a 3.500, para vinte pessoas, dependendo da localização. Uma mega estrutura está sendo preparada pelo Governo do Estado, o maior incentivador do evento.
A festa começa com a banda Destak e Ramon Frazely. Uma mistura de ritmos que traz melode, axé, pop rock e se junta ao forró rasgado de Frazely. Uma noite totalmente amapaense.

PROGRAMAÇÃO. No sábado, 13, a festa fica por conta do Forró da Calcinha Preta. No feriado do Dia 15, os amapaenses vão dançar ao som do pagode de Alexandre Pires. Dia 17 a arena receberá o cantor gospel Regis Danese. No dia 19 será a vez do Tupinambá balançar os amantes do tecno brega. Dia 20, Dia da Consciência Negra, o palco será ocupado pelo sambista Dudu Nobre. O encerramento, dia 21, a festa será em dose dupla para o delírio dos amantes do rock, Detonautas e Raimundos.

domingo, 31 de outubro de 2010

Camilo Capiberibe é o novo governador do Amapá







Com 36 anos o pesebista é mais jovem da administração estadual de todos os tempos

O candidato do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Camilo Capiberibe é o novo governador do Amapá. Com 100% dos votos válidos já apurados no estado do Amapá, Camilo Capiberibe (PSB) ficou com 53,77% votos - 170.277 e Lucas Barreto (PTB) 46,23% votos, ou, 146.383. foram 316.660 votos válidos, sendo que 19.123 foram nulos, 2.770 brancos e 81.796 abstenções, totalizando 420.349 votos nesta eleição.
Carlos Camilo Góes Capiberibe tem dupla naturalidade do Amapá. filho de João e Janete Capiberibe. Tem 36 anos e é casado

com Cláudia, com quem tem dois filho. Tem curso superior completo e é deputado estadual. Em sua campanha, Camilo

Capiberibe enfatizou a mudança e foi beneficiado em dois momentos: o primeiro quando a Policia Federal, que prendeu o ex-governador Waldez Góes (PDT) e o atual governador Pedro Paulo.
Em seu programa de governo constam a funcionabilidade de internet banda larga, doação de notebooks para professores, ligação do porto de santana com o platô das guianas e abertura de mercado para a chegada de grandes empresas e industrias para o Estado.
No primeiro turno, Camilo Capiberibe (PSB) coligou apenas com o Partido dos Trabalhadores e não obteve o apoio total de seus correligionários. Neste segundo turno recebeu adesão de nove novos partidos para a corrida ao Palácio do Setentrião."E quando perdemos a eleição para o Roberto Góes em Macapá vimos que é necessário buscar apoio para ganhar a eleição nesta campanha para governador", comentou.
A estratégia deu certo, Camilo Capiberibe (PSB) saiu de 32% no primeiro turno para 53% no segundo. "Estou tranquilo assim como aconteceu no primeiro turno e a vitória é a vontade do povo, daquele que acredita na mudança, que viu a falta de responsabilidade com a administração pública e com o dinheiro do Estado. Vamos trabalhar para garantir mais investimentos e sobretudo respeitar o povo que ele deve ser feito", ressaltou.
Na coletiva, questionado sobre como conseguir recurso para melhorar o estado, o governador eleito respondeu: "Acabou o tempo de roubo e de mentiras, esses R$ 200 milhões desviados agora serão transformados em benefícios para a comunidade amapaense.

Candidatos votam no segundo turno



Camilo e Lucas votam no Amapá
Daqui a pouco um dos dois será o governador do Estado

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Jornalistas declaram apoio à Camilo Capiberibe




Reunião ocorrida nesta quarta-feira (27) em um restaurante da cidade marcou a declaração oficial da equipe da Rádio Difusa de Macapá e membros da imprensa amapaense ao candidato a governador pelo PSB, Camilo Capiberibe. Na reunião, articulada pelas jornalistas Gilvana Santos e Mariléia estiveram presentes o diretor da Rádio Difusora de Macapá, Paulo Silva, Humberto da Costa Moreira, Olivio Fernandes, Rodrigo Silva, Rodrigo Juarez, Silvio Monteiro, Fabiola Gomes, Germana Duarte, Célio Alicio, Janete Carvalho.
Gilvana Santos informou que apesar de ser um das articuladoras do grupo Gilvam Borges no Amapá nunca escondeu sua amizade pelo candidato e agradeceu aos presentes pela presença na reunião.
Estivemos acompanhando os pontos da reunião e o posicionamento do candidato Camilo foram os seguintes:
Rãdio Difusora e Secretaria de Comunicação terão concurso
Criação da Rádio Difusora FM, da Tv de Comunicação do Governo e do Jornal Mensal
Qualificação de Profissionais
Liberdades para meios usarem seus veículos sem nenhuma perseguição
Abertura para as rádios Comunitárias
Valorização do Profissional Amapaense
O candidato agradeceu a todos os que confirmaram seu apoio nesse momento de eleição e aos que ouviram seu posicionamento e sabem respeitar a livre democracia no Estado. "Os problemas do passado devem servir de alerta no presente, mas uma solução para o futuro, vamos pensa rna mudança, no futuro do Amapá", lembrou.

Campeonato Sub -15

Dois jogos movimentam o estadual Sub15 de futebol nesta quarta-feira no estádio Glicério Marques. Na preliminar jogam São paulo x Cristal e na principal Trem x Ypiranga. O Oratório é o líder da competição com 12 pontos ganhos. A competição conta com 7 clubes participantes.